Última hora

Última hora

Comissão Europeia preocupada com subida dos combustíveis

Em leitura:

Comissão Europeia preocupada com subida dos combustíveis

Tamanho do texto Aa Aa

Nunca a gasolina esteve tão cara. A subida nos combustíveis é o aspecto mais visível das consequências para o consumidor da inflacção do petróleo.

A alta faz-se sentir um pouco por toda a Europa. A média de preços na Zona Euro é agora de um 1,20 euro por litro, no que toca à gasolina sem chumbo. No Reino Unido, ultrapassou pela primeira vez na história uma libra por litro, o equivalente a 1,53 euro. Nos Estados Unidos, o preço da gasolina parece um oásis, comparado com a Europa, e pode ser traduzido em 64 cêntimos por litro. No entanto, os preços não deixam de ser os mais altos de sempre e é preciso não esquecer que, aqui, o combustível foi sempre mais barato que na Europa. A situação está a preocupar a Comissão Europeia, como diz o comissário para a Energia, Andris Pielbags: “Os preços elevados do petróleo que se verificam actualmente têm feito crescer a preocupação da Comissão Europeia, por causa do impacto que têm no bem-estar dos cidadãos e do efeito no crescimento económico. A Comissão tem vindo a desenvolver medidas para enfrentar as causas deste aumento de preços e permitir à União Europeia atacar as consequências”. Em certas estações de serviço em França, a gasolina sem chumbo 98 chegou mesmo a valer mais de 1,50 euro por litro. Trata-se de casos isolados, verificados em zonas rurais. No entanto, a situação não deixa de ser preocupante. Desde o início do ano, tanto a gasolina como o gasóleo subiram já mais de 20 por cento.