Última hora

Última hora

Katrina: habitantes de Jefferson Parish constatam prejuízos

Em leitura:

Katrina: habitantes de Jefferson Parish constatam prejuízos

Tamanho do texto Aa Aa

Longe de casa desde a passagem devastadora do Katrina, os habitantes da localidade de Jefferson Parish puderam pela primeira vez verificar o que resta das suas habitações. As autoridades locais reabriram uma das vias principais que dá acesso a este bairro dos subúrbios de Nova Orleães e milhares de pessoas precipitaram-se, criando engarrafamentos que chegaram a atingir 40 quilómetros. Quatrocentos e sessenta mil habitantes foram evacuados dia 28 de Agosto, um dia antes da passagem do furacão. Alguns constatam agora o nível de destruição,mas foram apenas autorizados a avaliar os estragos e a recuperar alguns bens. Esta autorização foi dada pelo presidente do Condado de Nova Orleães, Aaron Brussard, mas o número dois da polícia, Warren Ridley, alertou rapidamente as pessoas para não se deslocarem porque a cidade se encontra completamente destruída.

O engarrafamento gigante provocado por esta falta de coordenação entre os diferentes organismos estatais tornou impraticável a única via terrestre disponível para as esquipas de socorro poderem transportar ajuda à cidade. A busca de sinistrados presos em casas isoladas continua. Mais de 50 mil soldados da Guarda Nacional e do Exército estão a operar nos estados de Luisiana e Mississipi para coordenar as operações de resgate e garantir a segurança.