Última hora

Última hora

Iushchenko propõe acordo de estabilidade política

Em leitura:

Iushchenko propõe acordo de estabilidade política

Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia vai ter um novo executivo mas a estabilidade política não está garantida. Por esse motivo, após convidar o seu velho aliado Iuri Ekhanurov a formar governo, o presidente Viktor Iushchenko propôs aos principais grupos parlamentares a assinatura de um acordo político. O objectivo é dotar o país de uma governação estável pelo menos até às eleições legislativas de Março.

Na quinta-feira, o presidente destituiu o governo de Iulia Timotchenko para por fim a um conflito que culminou na troca de acusações graves de corrupção entre membros do executivo e altas figuras do Estado, o chefe do gabinete presidencial, Alexandre Treatikov, afastado do cargo e o influente chefe do conselho de segurança nacional, Petro Porochenko, que apresentou demissão. A estabilidade governativa da Ucrânia depende agora de um eventual compromisso das principais facções parlamentares e da reacção da primeira-ministra cessante, O panorama para o presidente Iushchenko não é o mais favorável. Analistas dizem que o chefe de Estado ficou isolado politicamente por tentar preservar alianças. Nos últimos meses a sua popularidade entre os ucranianos também terá diminuído e há já quem olhe com desconfiança para os ideais saídos da revolução laranja.