Última hora

Última hora

Soldados evacuam Nova Orleães à força

Em leitura:

Soldados evacuam Nova Orleães à força

Tamanho do texto Aa Aa

O exército percorreu as ruas de Nova Orleães à procura de residentes. Uma busca casa a casa. Os que não aceitaram deixar as suas moradias de forma voluntária vão ser levados à força a partir de domingo. Todos serão colocados em centros de acolhimento. Face às críticas sobre a má gestão da crise, desde o início, o executivo norte-americano afastou Michael Brown, chefe da Agência Federal de Gestão de Crises, conhecida como FEMA. Brown é acusado de reagir tarde à catástrofe. Thad Allen, vice-almirante, vai substituí-lo.

A passagem do furacão Katrina, de acordo com dados oficiais, fez, até agora, 277 mortos em 4 estados: Louisiana, Mississipi, Alabama e Florida. Estimativas davam conta da possibilidade do número se elevar aos 10 mil, mas agora o executivo faz uma revisão em baixa. Terry Ebbert, chefe do Departamento de Segurança Nacional do Louisiana, afirmou que o número de mortos não será tão elevado como previsto, sem, no entanto, avançar mais detalhes. Agora que a segurança está restabelecida, as autoridades tentam lutar contra as inundações. Os diques de Nova Orleães há muito que cederam. Os trabalhos de reconstrução já começaram, mas vão durar várias semanas.