Última hora

Última hora

Afeganistão prepara eleições

Em leitura:

Afeganistão prepara eleições

Tamanho do texto Aa Aa

Hoje é o último dia de campanha no Afeganistão que se prepara para umas eleições históricas. Menos de um ano depois das presidenciais ganhas por Amhid Karzai, os afegãos vão ter oportunidade de escolher a composição do parlamento nacional e de 34 assembleias regionais. Entre os candidatos encontram-se muitas mulheres, o que é visto como um sinal de esperança.

Enquanto uma eleitora aguarda o fim das guerras: “Espero que as guerras acabem pois estamos fartos. Já sofremos muito e tivemos de viver fora do país.”; um afegão manifesta a sua intenção de voto: “Eu decidi votar numa mulher. E vou fazê-lo porque no Afeganistão, quando se vota num homem ele só pensa no seu proveito pessoal.” A comissão eleitoral incentiva os afegãos a deslocarem-se às urnas e multiplica as acções de esclarecimento. Domingo deverão estar a funcionar 6.300 assembleias de voto. Mas insegurança ainda reina no país quase quatro anos depois da queda dos talibãs, sobretudo no sul e no leste do país. As forças americanas prosseguem a caça aos extremistas. Os “estudantes de teologia” assassinaram alguns candidatos mas apelaram à calma no dia do escrutínio “para evitar vítimas civis”.