Última hora

Última hora

Partidos alemães debatem estatuto da Alemanha

Em leitura:

Partidos alemães debatem estatuto da Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Qual deverá ser o estatuto da Turquia na União Europeia? Esta questão divide os principais partidos políticos da Alemanha.

Gerard Schroeder tem-se mostrado favorável à adesão da Turquia. Os conservadores da CDU consideram que a União Europeia nao tem capacidade para integrar a Turquia. Mas o arranque das negociações é um facto indiscutível, como refere Peter Gros, do centro para o estudo das políticas europeias: “A decisão de pelo menos começar as negociações está tomada e não é posta em causa pela oposição. E depois vamos observar a evolução da Turquia nos próximos anos. Não creio que será preciso definir o que quer que seja a curto prazo”. Os conservadores alemães enviaram uma carta a onze chefes de Estado ou governo da União para pedir que incluissem a possibilidade de uma parceria privilegiada nas negociações com Ancara. Mas os turcos não parecem interessados neste estatuto, como afirma Bahadir Kaleagasi, representante da associação das empresas turcas em Bruxelas: “As negociações começam a 3 de Outubro. vai tornar-se evidente que a proposta da parceria privilegiada não tem substância e é mesmo indecente”. Os Estados Unidos, politicamente mais próximos dos conservadores alemães do que do partido de Gerhard Schröder mostram-se apoiam firmemente a entrada da Turquia na União Europeia. Para Thomas Jesen, coordenador dos militantes da CDU em Bruxelas, a posição dos Estados Unidos não contradiz as propostas conservadoras: “Não há contradição. São os europeus que devem fazer o que consideram correcto, segundo o seu próprio interesse e vamos explicar esta situação mais tarde ao americanos. Sobretudo se tivermos uma boa relação com eles”. Há 2,4 milhões de turcos a viver na Alemanha. É a principal comunidade turca no mundo. Além disso, a Alemanha é o principal parceiro comercial da Turquia.