Última hora

Última hora

Terminou a campanha eleitoral no Afeganistão

Em leitura:

Terminou a campanha eleitoral no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Doze milhões de eleitores, homens e mulheres, têm hoje e amanhã os seus diasde reflexão, aparentemente indiferentes à possibilidade de os guerrilheiros taliban desencadearem uma onda de violência. Estas são as primeiras eleições que apresentam mulheres como candidatas.

Em causa está a escolha do novo parlamento e de 34 conselhos provinciais. As elevadas taxas de analfabetismo, em todas as regiões do país, podem afectar o normal funcionamento das assembleias de voto.

Por essa razão, o último dia de campanha foi marcado pela presença de grandes cortejos de automóveis que exibiam as fotografias dos candidatos, num derradeiro esforço para facilitar a respectiva identificação.

O chefe do Gabinete Eleitoral, reconhecendo as dificuldades, está optimista.Peter Erben prefere enaltecer outros aspectos destas eleições, como o seu significado no reconhecimento dos direitos humanos no país. Tudo vai ser difícil, até a contagem dos votos que só deve ficar concluída, a 22 de Outubro. Emma Bonino será a observadora da União Europeia de umas eleições que contam com um aparelho de segurança composto por 100 mil militares.