Última hora

Última hora

Iraque: Manifestação popular exige retirada britânica de Bassorá

Em leitura:

Iraque: Manifestação popular exige retirada britânica de Bassorá

Tamanho do texto Aa Aa

A população de Bassorá exige a retirada das tropas britânicas após a detenção e a polémica libertação de agentes secretos pelas tropas de Sua Majestade, estacionadas no Sul do Iraque.

Hoje, os habitantes saíram à rua. A manifestação prova que terminaram as boas relações entre a população e os militares britânicos e contrasta com as declarações de Bagdad, que garante que o incidente não provocou uma crise. O incidente beneficia o clérigo xiita radical, Moqtada al-Sadr, que se opõe à presença militar estrangeira. No Reino unido, as imagens de violência contra os soldados fomentam o sentimento antiguerra. Mas Londres garante que não vai retirar, pelo contrário, pensa reforçar o contingente de 8500 soldados. Tudo começou com a detenção de dois agentes secretos que dispararam sobre a polícia. As tropas britânicas usaram blindados para os libertar, dizendo que temiam pela segurança dos homens que, entretanto, tinham sido entregues às milícias xiitas. O tema será tratado no encontro de hoje, em Londres, entre o primeiro-ministro iraquiano, Ibrahim al-Jaafari, e o ministro britânico da Defesa, John Reid.