Última hora

Última hora

Furacão Rita obriga mais um milhão de pessoas a fugir do Luisiana e do Texas

Em leitura:

Furacão Rita obriga mais um milhão de pessoas a fugir do Luisiana e do Texas

Tamanho do texto Aa Aa

O furacão Rita é o terceiro mais intenso de que há registo. O ciclone ainda não provocou grandes danos, mas ameaça fazê-lo à chegada à costa do Texas e do Luisiana no fim-de-semana. O Rita atingiu o nível cinco, valor máximo da escala Saphir-Simpson. Texas e Luisiana estão em estado de emergência.

Após os erros cometidos com o Katrina, as autoridades não correm riscos. As ordens de evacuação multiplicam-se e abrangem mais de um milhão e trezentas mil pessoas, incluindo sinistrados do Katrina que estavam no Texas. Uma habitante de Galveston, onde a evacuação é obrigatória, diz que já enfrentou muitos furacões, mas decidiu fugir porque este parece muito perigoso e é também o pior alerta de que se lembra. Com ventos de mais de 280 km/hora, o Rita deverá chegar à costa, entre o Luisiana e a fronteira com o México, às primeiras horas de sábado. As empresas petrolíferas estão quase em pânico e mesmo a NASA deixou Houston e passou os comandos da Estação Espacial Internacional para os russos. Em Nova Orleães, os sinistrados do Katrina começaram a regressar e a reconstruir, mas com o aproximar do Rita são obrigados a fugir novamente. Teme-se em especial as chuvas intensas e novas rupturas dos diques.