Última hora

Última hora

Itália: Tremonti substitui Siniscalco na pasta da Economia

Em leitura:

Itália: Tremonti substitui Siniscalco na pasta da Economia

Tamanho do texto Aa Aa

Giulio Tremonti volta a assumir a pasta da Economia em Itália, 14 meses depois de ter abandonado o cargo por causa de lutas no seio da coligação de centro-direita.

A decisão foi tomada pela direcção nacional da Forza Itália, numa reunião extraordinária convocada por Silvio Berlusconi, depois de Dominico Siniscalco ter anunciado a demissão do Ministério da Economia. Siniscalco deixou o governo por causa de divergências no seio da coligação quanto ao orçamento para 2006, mas, especialmente, em sinal de protesto contra a continuidade de Antonio Fazio à frente do Banco de Itália, depois de alegações de favorecimento que o próprio FMI já veio dizer que podem manchar a reputação do Banco Central italiano. Segundo as alegações vindas a público, o governador do Banco de Itália terá favorecido uma instituição transalpina, dirigida por um amigo seu, na luta pela compra da Banca Antonveneta. A saída de Siniscalco do governo a seis meses das legislativas levou a oposição, nomeadamente o líder dos socialistas, Romano Prodi, a pedir a imediata “demissão do executivo e a convocação de eleições antecipadas”. Berlusconi responde com a nomeação de Tremonti que, entretanto, já tinha regressado ao governo para assumir o cargo de vice-primeiro ministro. O futuro ministro da Economia tem como primeiro compromisso as reuniões do FMI e do G7, a partir desta sexta-feira em Washington, mas na viagem para os Estados Unidos terá já de começar a alinhavar o orçamento transalpino para 2006, que tem de ser apresentado antes do fim deste mês.