Última hora

Última hora

Suíça indecisa sobre o alargamento a Leste do mercado de trabalho

Em leitura:

Suíça indecisa sobre o alargamento a Leste do mercado de trabalho

Tamanho do texto Aa Aa

Abrir ou não o mercado de trabalho aos cidadãos dos 10 novos países da União Europeia? A Suíça está indecisa, a dois dias do referendo sobre o tema.

Pelo “sim”, o presidente da Confederação Helvética já avisou que uma recusa será um travão para o crescimento e colocará em perigo postos de trabalho, sem esquecer que um “não” no referendo pode pôr em causa outros acordos bilaterais entre a Suíça e a União Europeia. A direita está contra o alargamento do mercado de trabalho aos países de Leste. Para um deputado do Partido Popular Suíço o “sim” provocará uma “perda total do controlo sobre a imigração. O mercado passará a ser o factor determinante e portanto o mercado de trabalho suíço deixará de estar protegido.” Segundo as últimas sondagens, metade da população é a favor do “sim”, 38% vai votar não, mas os indecisos são ainda 12% do eleitorado o que deixa antever uma luta renhida. Espera-se uma elevada taxa de participação.