Última hora

Última hora

Itália: Fazio mais pressionado para se demitir

Em leitura:

Itália: Fazio mais pressionado para se demitir

Tamanho do texto Aa Aa

Antonio Fazio, governador do Banco de Itália, está cada vez mais pressionadopara se demitir do cargo vitalício que ocupa. O ministro das Finanças italiano Giulio Tremonti revogou a autoridade de Fazio para representar a Itália, na reunião do Banco Mundial em Washington, e nomeou um funcionário governamental para chefiar a delegação transalpina.

Silvio Berlusconi pretende a demissão de Fazio depois de terem sido reveladas escutas telefónicas que comprometem o governador do banco central italiano por alegadamente ter prejudicado um grupo financeiro holandês em detrimento de um transalpino na aquisição do banco Antonveneta. Fazio recusa demitir-se e garante estar inocente. O governador do banco central já regressou a Itália. Nesta reunião do Banco Mundial, que precede a do FMI, será discutido o plano para tornar realidade a anulação da dívida dos países mais pobres do mundo, estimada em 55 mil milhões de dólares.