Última hora

Última hora

Suíça abre circulação aos novos membros da União Europeia

Em leitura:

Suíça abre circulação aos novos membros da União Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

Três meses depois de aprovar os acordos de Schengen e Dublin, a Suíça aprova também a livre circulação dos cidadãos dos dez novos países da União Europeia. Os últimos números indicam uma vitória do “sim” com 56% dos votos, num referendo que contou com a participação de 54% do eleitorado, uma taxa bastante alta para a Suíça.

Samuel Schmid, presidente da Federação suíça, mostrou-se satisfeito com o desfecho da votação ao referir que: “Hoje, a população suíça decidiu extender a livre circulação de pessoas aos novos membros da União Europeia. Ao mesmo tempo foram aceites medidas mais estrictas contra a exploração de mão-de-obra barata”. O grande derrotado do referendo suíço é a UDC, partido de extrema-direita, que se opunha ao alargamento. Os novos países da UE incluem oito Estados ex-comunistas, mais as ilhas de Malta e de Chipre.