Última hora

Última hora

Violência em Gaza é cenário do voto do Likud sobre antecipação de primárias

Em leitura:

Violência em Gaza é cenário do voto do Likud sobre antecipação de primárias

Tamanho do texto Aa Aa

Dia de votação crucial no seio do Likd. Os mais de três mil membros do Comité Central decidem hoje se antecipam ou não as eleições primárias para escolher o líder do partido.

O aspirante ao cargo, o ex-ministro das Finanças, Benjamin Netanyahu, deseja antecipar o escrutínio interno para aproveitar o descontentamento da retirada de Gaza. Neste momento, beneficia com a actual escalada de violência em Gaza, que tinha previsto no seu programa. A eventual antecipação do escrutínio será uma derrota e poderá levar à saída do actual líder do Likud. O primeiro-ministro Ariel Sharon defende a realização das primárias na Primavera, esperando a diminuição do traumatismo da saída de Gaza. Mas a tarefa não é fácil. Sharon multiplicou nos últimos dias a luta aos activistas palestinianos, mas ontem, devido a uma falha do sistema de som por um alegado acto de sabotagem, não conseguiu explicar a sua posição e abandonou a reunião do Likud.