Última hora

Última hora

Atentados intensificam-se apesar da morte do número dois da al-Qaeda no Iraque

Em leitura:

Atentados intensificam-se apesar da morte do número dois da al-Qaeda no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Com o aproximar do dia 15 de Outubro e o referendo sobre a Constituição, a violência aumenta no Iraque.

Hoje, em Bagdade, um carro explodiu à passagem de uma coluna de veículos de seguranças privados, fazendo quatro feridos. Outro ataque visou carros da polícia que transportavam prisioneiros para Abu Ghraib. Fez dois mortos e 12 feridos. O atentado mais grave ocorreu em Baquba. Um suicida fez-se explodir no meio da multidão reunida junto à esquadra. Matou dez pessoas e feriu 26, algumas delas gravemente. Os atentados ocorreram quando o exército americano e o governo iraquiano anunciavam ter abatido o número dois da al-Qaeda no Iraque. O cheik Abdullah Abu Azzam foi morto no domingo num apartamento de Bagdad. Era responsável pela gestão das operações quotidianas na capital iraquiana.