Última hora

Última hora

ONU quer prevenir a propagação mundial da gripe das aves

Em leitura:

ONU quer prevenir a propagação mundial da gripe das aves

Tamanho do texto Aa Aa

A urgência de uma estratégia mundial contra a gripe aviária leva a ONU reagir. O secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, nomeou um especialista para coordenar um programa de combate a uma potencial propagação mundial da doença.

David Nabarro, médico britânico, considerado um dos principais especialistas na matéria, defendeu que “o número de vítimas pode situar-se entre os cinco e os 150 milhões. A diferença estará no trabalho de prevenção que for efectuado nos próximos meses e nas medidas reais que forem adoptadas”. A ameaça está longe de poder circunscrever-se ao continente asiático, onde o vírus provocou, em 2003, 60 mortos. Os especialistas estão preocupados com a mutação do vírus H5N1, cuja origem não conseguem identificar, e que já matou cinco pessoas, nas últimas duas semanas, na Indonésia. Este vírus era já conhecido dos cientistas como uma ameaça mortal para as aves sendo a sua mutação um real perigo para o homem, o que os organismos sanitários têm em conta. Uma em duas pessoas contaminadas acaba por morrer.