Última hora

Última hora

Possível pandemia de gripe das aves obriga à mobilização mundial

Em leitura:

Possível pandemia de gripe das aves obriga à mobilização mundial

Tamanho do texto Aa Aa

O mundo mobiliza-se contra a gripe aviária, perante a ameaça de uma possível pandemia.

A estirpe actual do H5N1 não se transmite com facilidade, mas existe uma crescente preocupação com uma possível mutação do vírus, tornando-se mais letal e de rápida propagação. A Organização Mundial de Saúde aponta para um cenário de 2 a 7,4 milhões de vítimas, na ocorrência de uma pandemia, distanciando-se da previsão apontada pelo especialista britânico David Navarro, nomeado pela ONU para coordenar um programa de combate a uma potencial propagação mundial. Navarro declarou que “o trabalho efectuado durante os próximos meses em prevenção e preparação fará a diferença entre se a próxima pandemia irá na direcção dos 150 ou dos 5 milhões de vítimas, e que a eficácia das medidas tomadas será avaliada pelas vidas salvas e pelas consequências para o mundo.” Responsáveis da Associação dos Países do Sudeste Asiático juntaram-se hoje à China, Coreia do Sul e Japão para pôr em marcha um plano de coordenação da luta contra a gripe das aves na região. O objectivo é, “entre 2006 e 2008, prevenir, controlar e erradicar a doença”. Até agora, o vírus H5N1 infectou sobretudo pessoas em contacto próximo com aves afectadas, fazendo 66 vítimas mortais no continente asiático, desde 2003. O vírus também já foi detectado em aves na Rússia e noutros pontos da Europa.