Última hora

Última hora

Soyuz a caminho da Estação Espacial Internacional com "turista" a bordo

Em leitura:

Soyuz a caminho da Estação Espacial Internacional com "turista" a bordo

Tamanho do texto Aa Aa

É o início de mais uma missão e da terceira viagem de “turismo espacial” da história. A Soyuz está a caminho da Estação Espacial Internacional (ISS), depois de um lançamento sem imprevistos esta madrugada, no cósmodromo de Baikonur, no Cazaquistão.

Eram 4 horas e 54 minutos em Lisboa, quando a cápsula iniciou uma viagem de dois dias, que culminará com o acoplamento à ISS, depois de um período de adaptação dos tripulantes à ausência de gravidade. A bordo da Soyuz seguem dois cosmonautas, um norte-americano e outro russo, que assumirão os comandos da estação, substituindo os compatriotas, John Philips e Serguei Krikalev, este último um recordista do espaço, com 747 dias em órbita. William McArthur e Valery Tokarev contam com um companheiro de viagem muito particular. O terceiro “turista espacial” da história é o norte-americano Greg Olsen, um cientista milionário de 59 anos, que pagou cerca de 16 milhões de euros por um “bilhete” a bordo da Soyuz. Olsen preparou-se para a viagem durante dois anos e regressa à Terra com os actuais ocupantes da ISS, a 11 de Outubro. O cientista vai realizar algumas experiências do foro médico para a Agência Espacial Europeia.