Última hora

Última hora

Alemanha à espera dos resultados de Dreseden

Em leitura:

Alemanha à espera dos resultados de Dreseden

Tamanho do texto Aa Aa

Os alemães estão de olhos postos em Dresden, onde as eleições parciais de hoje não deverão trazer solução para o impasse político em que se encontra o país.

A votação nesta circunscrição, adiada pela morte de uma candidata de extrema-direita, não deverá alterar o resultado das legislativas de 18 de Setembro, ganhas com uma ligeira vantagem pela CDU, mas poderá trazer um valor moral acrescido ao partido vencedor. O SPD precisaria dos três assentos ainda disponíveis no Bundestag para igualar os democratas-cristãos, algo que segundo todas as previsões os 219 mil eleitores de Dresden não deverão oferecer aos sociais-democratas. Independentemente dos resultados de hoje, o próximo executivo deverá traduzir-se no “casamento de elefantes” entre o SPD e a CDU. A questão que paira no ar é quem assumirá a chefia da “grande-coligação”. Gehard Schroeder procura um reforço na reivindicação à chancelaria, mas mesmo uma derrota não significa obrigatoriamente o seu afastamento a favor de Angela Merkel. A líder democrata-cristã tem apelado ao reconhecimento da derrota do SPD nas legislativas e impõe as condições prévias à abertura de negociações para uma coligação. Merkel defende que “é o partido mais votado que designa o chanceler” e exige aos sociais-democratas “uma análise concreta da situação do país”, do Orçamento ao sistema de protecção social, bem como “uma vontade concreta de reformar a Alemanha”