Última hora

Última hora

Furacão Stan faz 70 mortos na América Central

Em leitura:

Furacão Stan faz 70 mortos na América Central

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades salvadorenhas procedem ao resgate das vítimas do furacão Stan, numa altura em que a tempestade se dissipa sobre as montanhas do Sul do México.

Antes da depressão se tornar um furacão de grau 1, na escala de Saffir-Simpson, com ventos de 130 km/h, El Salvador foi assolado com violentas chuvas. Os deslizamentos de terras e as inundações causaram no país 49 mortos. Nesta nação da América Central, a tempestade associou-se aos efeitos trágicos do vulcão Santa Ana, no Oeste próximo da fronteira com a Guatemala, cuja erupção fez dois mortos e obrigou a deslocar cinco mil pessoas. Mas o rasto mortífero do “Stan” não parou em El Salvador, onde se esperam ainda fortes chuvas durante as próximas 48 horas. A violência da tempestade foi sentida também na Nicarágua, nas Honduras, na Guatemala e no México. A subida das águas originada pelos fortes ventos e chuvas fez, no total, cerca de 70 mortos e deixou milhares de pessoas desalojadas na América Central.