Última hora

Última hora

Referendo sobre Constituição iraquiana com novas regras

Em leitura:

Referendo sobre Constituição iraquiana com novas regras

Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento iraquiano modificou, mais uma vez, as regras de validação doreferendo à constituição, marcado para dia 15 de Outubro.

A pedido das Nações Unidas, que supervisiona o sufrágio, os deputados votaram algumas alterações com o objectivo de tornar o processo mais equitativo. Segundo a ONU, o documento dificultava a rejeição do projecto de Constituição e violava os princípios internacionalmente aceites. O texto antigo previa que a contabilização dos votos para a rejeição da Constituição teria como base o número de eleitores registados e não o número de votantes. A comunidade sunita, que está contra a solução do Federalismo para o país, colocou objecções à aprovação parlamentar deste domingo e ameaçou mesmo boicotar o referendo daqui a 10 dias. As regras hoje aprovadas estipulam que a Constituição será aceite se uma maioria de votantes se exprimir a favor do texto e se dois terços dos votantes de pelo menos três províncias não se pronunciarem contra.