Última hora

Última hora

George W.Bush: "Iraque é a frente de batalha na luta contra o terrorismo"

Em leitura:

George W.Bush: "Iraque é a frente de batalha na luta contra o terrorismo"

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente dos Estados Unidos considera que a presença militar no Iraque não provocou o aumento do terrorismo no mundo. George W.Bush considera também que a guerra, lançada em 2003, não despoletou extremismos, que o radicalismo já existia antes e vai continuar a existir depois da situação no Iraque estar resolvida.

Bush acha que qualquer que seja o nome da ideologia, trata-se de uma forma de radicalismo que explora o Islão. Os terroristas no Iraque estão na frente de batalha de uma guerra que é contra o mundo e representa também para a América a frente de batalha na guerra contra o terrorismo. Declarações que surgem no dia em que mais dois ataques foram registados no país. No total 16 pessoas morreram, 11 ficaram feridas. O último atentado ocorreu junto ao ministério do Petróleo, em Bagdade, e foi provocado por um bombista suicida. Outro ataque foi registado perto de Kirkuk. Cinco seguranças do ministério do Petróleo foram abatidos a tiro enquanto se deslocavam numa viatura para a cidade do norte do Iraque. Falta pouco mais de uma semana para o referendo à Constituição iraquiana.