Última hora

Última hora

Aumentaram para 4 os casos de gripe aviária confirmados na Roménia.

Em leitura:

Aumentaram para 4 os casos de gripe aviária confirmados na Roménia.

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades sanitárias revelaram ao final desta manhã o último caso e de imediato começaram a matar centenas de aves junto ao delta do rio Danúbio, de forma a prevenir que o virus se alastre.

Ainda se aguardam os resultados das análises enviadas para o Reino Unido das 3aves que ontem apareceram mortas… resultados esses que vão permitir apurar qual a variante da gripe de que padeceram as aves. As autoridades temem que se trate da variante H5N1, o vírus mais perigoso e que é transmissível aos humanos, responsável pela morte de mais de 100 pessoas na Ásia. Foram instauradas medidas de quarentena num raio de 3 quilómetros perto de Ceamurlia, a 300 quilómetros de Bucareste. A estirpe H5N1 tinha sido já detectada em seis regiões russas da Sibéria eUral assim como no Cazaquistão. Responsáveis russos garantem que a epidemia está a desaparecer mas com o regresso de novos pássaros migratórios na Primavera a ameaça voltará. Nos Estados Unidos a preocupação aumenta. Em caso de pandemia os hospitaisnorte-americanos ficariam rapidamente lotados, por isso o presidente George W Bush pediu às industrias farmaceûticas um reforço na produção da vacina para a gripe.