Última hora

Última hora

Sismo de sábado poderá ter provocado mais de 30 mil mortos só no Paquistão

Em leitura:

Sismo de sábado poderá ter provocado mais de 30 mil mortos só no Paquistão

Tamanho do texto Aa Aa

O saldo oficial de vítimas do sismo que atingiu no Sábado o sul da Àsia situa-se em 20 mil mortos e 42 mil feridos, só no Paquistão. A informação foi avançada ao início da tarde pelo ministro do Interior do país, Aftab Ahmed Khan Sherpao, num momento em que algumas zonas sinistradas permanecem inacessíveis.

A zona mais afectada é a da Caxemira paquistanesa, onde segundo os responsáveis do governo local, o número de mortos poderá atingir os 30 mil. O Paquistão descobre sob os escombros de cidades como Muzaffarabad, Bagh e Rawla, a dimensão dos danos provocados pelo sismo que atingiu ontem o nordeste do país, provocando mais de 500 mortes no norte da Índia, atingindo ainda o Leste do Afeganistão. O tremor de terra de magnitude 7,6 na escala de Richter devastou aldeias inteiras dos dois lados da fronteira da região da Caxemira, a zona mais próxima do epicentro do sismo. Na capital paquistanesa, Islamabad, dezenas de edifícios desabaram como um bloco habitacional que soterrou centenas de pessoas. As Nações Unidas desbloquearam hoje uma ajuda de emergência ao país, tendo enviado para Islamabad um grupo de técnicos da organização para coordenar as equipas de resgate internacionais que já se encontram no país.