Última hora

Última hora

Turquia e Roménia em luta contra gripe aviária procuram acalmar preocupações

Em leitura:

Turquia e Roménia em luta contra gripe aviária procuram acalmar preocupações

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia segue o exemplo da Roménia e reforça os meios de controlo após a detecção dos primeiros casos de gripe das aves. Ancara já abateu várias centenas de aves desde ontem, quando anunciou que dois mil perus morreram com gripe aviária numa quinta, agora em quarentena, situada perto da reserva ornitológica do lago de Manyas, no Noroeste do país.

Segundo o ministro da Agricultura, Mehdi Eker, “infelizmente a Turquia foi confrontada com a gripe das aves, mas está tudo sob controlo, foram tomadas todas as medidas para evitar que o vírus se propague”. Desde 2003, a gripe das aves já infectou diversos países asiáticos, através das aves migratórias chegou à Rússia, ao Cazaquistão e agora à Roménia e à Turquia. Na Ásia morreram mais de 60 pessoas. Teme-se que o vírus sofra mutações e permita o contágio entre humanos, originando uma pandemia, capaz de provocar milhões de mortes. Na Roménia procede-se também ao abate de milhares de aves domésticas e intensifica-se a desinfecção no Delta do Danúbio e a campanha de vacinação gratuita. A Comissão Europeia acompanha de perto a situação nos dois países, pois a Europa está na rota de milhares de aves migratórias.