Última hora

Última hora

Polónia prepara-se para uma segunda volta das presidenciais

Em leitura:

Polónia prepara-se para uma segunda volta das presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

Tal como se previa Donald Tusk, o candidato liberal à presidência da Polónia, venceu as eleições mas terá de enfrentar uma segunda volta. Tusk, presidente do partido plataforma cívica anagariou 35,8 por cento dos votos, quando estavam contados 91% dos sufrágios. O segundo candidato mais votado, o conservador Lech Kacenski, recolheu 33% de sufrágios e avisa que nada está resolvido dentro de duas semanas, dia 23 será a final, declarou. Kaczinsky tem um discurso vigoroso e promete a revolução moral e o combate ao crime não escondendo as suas convicções católicas.

Tusk, por seu turno é defensor de uma economia de mercado e um europeu convicto. Uma segunda volta que vai opôr dois homens de direita, mas com visões diferentes para o país. Donald Tusk, o mais votado hoje, é pró-europeu e defende uma economia de mercado para a Polónia sem qualquer interferência do governo. Ao passo que Lerrr Kacenski, é eurocéptico, defende uma revolução moral na sociedade polaca e mostra-se favorável à intervenção do governo na economia.