Última hora

Última hora

Espanha discute imigração ilegal com Marrocos

Em leitura:

Espanha discute imigração ilegal com Marrocos

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro dos negócios estrangeiros espanhol Miguel Angel Morantinos chegou esta segunda-feira à noite a Rabat, capital marroquina, para uma visita de dois dias. O principal motivo que leva Moratinos a visitar Marrocos é o problema migratório que afecta os dois países. Antes de embarcar, o chefe da diplomacia espanhola referiu pretender reactivar o acordo migratório de 1992 e defendeu ser necessário conciliar segurança com tratamento humanitário de imigrantes.

Moratinos vai realizar inúmeros encontros, principalmente com o seu homólogo marroquino Mohamed Benaissa. Na chegada a Rabat não adiantou muito aos jornalistas, mas declarou que a questão da emigração era o assunto prioritário. Também ontem chegou a Melilha um grupo de eurodeputados, onde se incluía o português Miguel Portas, para analisar a situação dos imigrantes ilegais e visitar campos de refugiados. A questão deverá ser discutida ainda esta semana no Parlamento Europeu.Nas últimas semanas as fronteiras de Melilha e Ceuta, regiões autónomas espanholas em África, foram assaltadas por milhares de emigrantes clandestinos. Espanha está a levantar uma terceira barreira na fronteira de Melilha enquanto Marrocos procede ao repatriamento de alguns emigrantes. Grande parte foi já transportada em condições consideradas desumanas, para o Saara ocidental, umaregião inóspita, a que jornalistas e organizações não governamentais têm acesso restrito.