Última hora

Última hora

Ex-futebulista favorito nas eleições presidenciais da Libéria

Em leitura:

Ex-futebulista favorito nas eleições presidenciais da Libéria

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo futebolista liberiano George Weah enfrenta o seu maior desafio de sempre.

O ex-ponta de lança do A.C. Milão é um dos candidatos favoritos às eleições legislativas e presidenciais que decorrem hoje na Libéria. Criticado pela sua inexperiência política, Weah é no entanto o único candidato que não está comprometido com os regimes que fomentaram a guerra civil no país durante 14 anos. A sua principal adversária, Ellen Johnson Sirleaf conta no currículo com uma licenciatura em Harvard e a passagem pela ONU, pondendo vir a ser a primeira mulher presidente no país. O seu apoio em 89 ao controverso presidente Charles Taylor, responsável por um regime de terror contrasta no entanto com a fama de incorruptível de Weah. No total mais de um milhão e trezentos mil eleitores descem às urnas para substituir no país as autoridades provisórias que governam desde 2003, apoiadas por 15 mil capacetes azuis da ONU. A palavra paz faz parte da maioria dos programas eleitorais dos 22 candidatos à eleição, depois da guerra civil ter provocado mais de 250 mil mortos deslocando um terço da população. Segundo as dezenas de observadores internacionais presentes no país o sufrágio decorre na normalidade e a participação deverá superar os 80%. Os resultados finais deverão ser conhecidos dentro de semanas.