Última hora

Última hora

SPD e da CDU debatem internamente acordo pós-eleitoral

Em leitura:

SPD e da CDU debatem internamente acordo pós-eleitoral

Tamanho do texto Aa Aa

O acordo pós-eleitoral entre SPD e CDU na Alemanha, foi hoje debatido no interior dos estados-maiores das respectivas formações em Berlim.

As negociações entre os dois partidos para alcançar um programa comum de governo deverão começar na próxima semana. Para já Schroeder e Merkel vão tentar convencer os militantes mais renitentes dos benefícios de uma grande coligação. O vice-presidente da CDU, Wolfgang Bosbach, afirma que o acordo é justo, o SPD reúne mais ministérios para garantir que não é afastado do poder e a CDU acede ao controlo de ministérios que necessitam de reformas. Do lado dos sociais-democratas, a facção mais à esquerda do partido mantém-se renitente sobre os poderes a atribuír à nova Chanceler Angela Merkel. Kurt Beck, militante do SPD, afirma que “a situação actual não é a melhor mas acredita que será possível formar um governo estável”. A repartição dos cargos ministeriais foi um dos pontos debatido internamente pelos dois partidos. Um dos temas menos polémicos, quando a solução de governo de bloco central, aplaudida ontem, é hoje posta em causa pelos programas eleitorais dos dois partidos, em alguns pontos quase inconciliáveis.