Última hora

Última hora

Holanda:Operação antiterrorista neutraliza importante ameaça contra políticos

Em leitura:

Holanda:Operação antiterrorista neutraliza importante ameaça contra políticos

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia holandesa lançou esta manhã uma operação antiterrorista de grande envergadura que culminou com a detenção de sete pessoas, seis homens e uma mulher, em três cidades do país.

Os detidos, todos cidadãos holandeses com idades entre os 18 e os 30 anos, têm ligações à organização extremista Hofstad a que pertencia o assassino de Theo Van Gogh. Entre eles está Samir Azzouz, julgado em Abril passado por terrorismo e preparação de atentados, mas absolvido por falta de provas. Segundo a polícia, os detidos preparavam-se para levar a cabo ataques contra personalidades políticas e instalações públicas. O ministro holandês do Interior considerou mesmo que a acção hoje conduzida neutralizou uma importante ameaça terrorista, apesar de não afastar totalmente um eventual ataque. Daí que a operação, que decorreu em Amsterdão e Almere, tenha passado também por um reforço da segurança nos edifícios da sede do governo e do parlamento em Haia. Durante a operação foram ouvidos tiros na capital, cuja origem ainda não foi determinada pelas autoridades. Desde os atentados de 7 de Julho em Londres, as forças de segurança holandesas estão em estado de alerta “substancial”, o segundo de 4 níveis.