Última hora

Última hora

Pequim acolhe cimeira do G20

Em leitura:

Pequim acolhe cimeira do G20

Tamanho do texto Aa Aa

O crescimento económico mundial está no centro das negociações da cimeira do G20, este fim-de-semana. A China tem sido o grande motor deste crescimento e é também anfitriã da reunião, que tem lugar na capital, Pequim. O G20 inclui os sete países mais industrializados do mundo, que compõem o G7, mais a Rússia e um conjunto de países de rápido crescimento económico, como a Índia ou a China.

Gordon Brown, ministro das Finanças do Reino Unido e presidente em exercício do Conselho de Ministros da Economia e Finanças da União Europeia, acha que é essencial um entendimento entre os dois lados do Atlântico, antes da cimeira da Organização Mundial do Comércio (OMC), em Dezembro, em Hong Kong. “A Europa e a América têm que se encontrar e procurar uma posição consertada, para que possamos progredir, no que toca às negociações do comércio livre, antes de chegarmos a Hong Kong. Acredito que esta ideia está a ganhar força, de ambos os lados”, disse. Os problemas ligados à cotação da moeda chinesa vão também estar em cima da mesa. A reunião dura dois dias.