Última hora

Última hora

Nacionalistas, comunistas e autoridades envolvem-se em confrontos em Kiev

Em leitura:

Nacionalistas, comunistas e autoridades envolvem-se em confrontos em Kiev

Tamanho do texto Aa Aa

A praça da Independência em Kiev na Ucrânia foi palco de uma batalha entre nacionalistas, comunistas e as forças da ordem. Foi marcada uma manifestação para assinalar os 63 anos da formação da UPA, o exército da insurreição ucraniana, um movimento de guerrilha urbana criado na Segunda Guerra Mundial a favor da alemanha hitleriana. Na altura, os nacionalistas sonhavam com a independência da Ucrânia do bloco soviético e viam em Hitler e no Nazismo um trampolim para formar um Estado autónomo. Mas assim que os alemães invadiram a Ucrânia, depressa iniciaram combates contra o exército nazi.Mas os comunistas, que convocaram uma contra-manifestação, e que continuam a querer um país mais virado para a Rússia que para o Ocidente, não suportam a presença dos antigos nacionalistas.Os veteranos da UPA querem também o reconhecimento por parte das autoridades do estatuto de antigos combatentes, ambição que os comunistas desprezam.