Última hora

Última hora

Gripe das aves detectada na Roménia, Europa receia pandemia

Em leitura:

Gripe das aves detectada na Roménia, Europa receia pandemia

Tamanho do texto Aa Aa

Com a detecção do vírus H5N1 na Turquia e na Roménia, confirmaram-se as piores suspeitas. A gripe das aves está em território Europeu. Este sábado, na Turquia, morreram cerca de mil aves na província de Agri. A causa da morte ainda não é conhecida mas os produtores estão preocupados com a propagação da doença que já matou milhões de aves na Ásia desde 2003.

A gripe das aves também já causou a morte a 60 pessoas no continente asiático. O contágio verificou-se a partir dos animais para as pessoas. Não se conhecem casos de transmissão entre seres humanos mas esta possiblidade não deve ser descartada já que o vírus é muito propenso a mutações. Na Roménia, o executivo já decretou medidas de urgência para travar a propagação do vírus. Está em curso uma campanha de vacinação exaustiva de pessoas em zonas de risco, milhares de aves estão a ser abatidas, a caça e a exportação de carne aviária foram proibidas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) pede calma. Os receios de uma pandemia estão a crescer masm diz a OMS, o pânico não resolve nada. Até agora, os 117 casos conhecidos de gripe aviária em seres humanos tiveram origem nos animais. Por isso, os peritos da União Europeia afirmam que, por agora, a gripe das aves não representa um risco para a população. Os ministros dos Negócios Estrangeiros dos 25 encontram-se esta terça-feira no Luxemburgo para avaliar a situação. Na quinta-feiram é a vez dos ministros da saúde analisarem os programas nacionais de prevenção de uma eventual pandemia da versão humana da gripe das aves.