Última hora

Última hora

Rússia: chefe da guerrilha tchetchena reivindica ataque a Nalchik

Em leitura:

Rússia: chefe da guerrilha tchetchena reivindica ataque a Nalchik

Tamanho do texto Aa Aa

Líder da guerrilha tchetchena reivindica ataque contra as forças russas em Nalchik, no Cáucaso. Chamil Bassaiev assumiu a responsabilidade pelo ataque e garante ter perdido apenas 41 combatentes, enquanto que as autoridades russas falam em 92 guerrilheiros mortos.

A reivindicação surgiu na página de internet independentista Kavkaz-Center. Bassaiev afirma que assegurou a “direcção operacional geral” do ataque contra as forças de segurança russas em Nalchik, no Cáucaso. Numa declaração que contém várias passagens do Corão, Bassaiev afirma que o sucesso do ataque só não foi maior porque uma “importante fuga de informação” permitiu aos russos chamarem reforços antes do assalto. A ofensiva de quinta-feira passada contra Nalchik, a capital da república norte-caucasiana Kabardino-Balkária, provocou 137 mortos, entre os quais 12 civis, segundo o último balanço do ministro do Interior russo. Foi também Bassaiev quem reivindicou o ataque contra uma escola de Beslan em Setembro do ano passado que provocou a morte a 331 pessoas e aos 31 terroristas.