Última hora

Última hora

Poderoso Wilma ameaça Golfo do México

Em leitura:

Poderoso Wilma ameaça Golfo do México

Tamanho do texto Aa Aa

O furacão Wilma avança lentamente mas com uma elevada potência destruidora. Encontra-se agora com uma força de nível 4, a caminho do canal do Iucatão. As zonas turísticas mexicanas e cubanas da área preparam-se para o pior.

Muitos turistas decidiram abandonar as regiões, nomeadamente Cancun no México, depois do pedido de evacuação feito pelos governos. As autoridades militares mexicanas decidiram enviar material de emergência e mantimentos para as cidades costeiras. Os técnicos da meteorologia prevêem que o núcleo do furacão se desloque pelo canal do Iucatão, poupando os países a um impacto directo. A Jamaica já conheceu os efeitos do fenómeno. Em Kingston, a capital, a população recupera do furacão. Algumas centenas de pessoas ficaram desalojadas. Nas últimas horas, o furacão baixou de intensidade, passando de nível 5, com um força considerada recorde, para nível 4. Prevê-se que a perturbação atmosférica, cujos ventos chegam a alcançar os 250 quilómetros por hora, possa atingir a Florida, nos Estados Unidos, no fim-de-semana. Os preparativos já começaram. “A direcção dos furacões varia muito, por isso é melhor prepararmo-nos agora do que esperar até ao último minuto e fazê-lo debaixo de chuva”, declarou um residente de Punta Gorda. Até ao momento 13 pessoas já morreram no Haiti na sequência daquele que é o 12o furacão da temporada no Atlântico, facto inédito desde 1969.