Última hora

Última hora

Nigéria em luto após tragédia aérea e morte da Primeira Dama

Em leitura:

Nigéria em luto após tragédia aérea e morte da Primeira Dama

Tamanho do texto Aa Aa

Não há sobreviventes do acidente aéreo na Nigéria. As informações da Cruz Vermelha e as primeiras imagens do local da queda do aparelho desmentem a notícia de fontes do governo. A meio do dia, responsáveis nigerianos defendiam que sobreviveram metade das pessoas a bordo do avião da companhia Bellview Airlines. Eram 110 passageiros e seis membros da tripulação.

A angústia das famílias prolongava-se desde ontem, quando o avião desapareceu dos radares minutos depois da descolagem. Foi a cerca de 50 km a norte da capital económica da Nigéria, numa zona rural, que foram encontrados hoje os destroços. Minutos após a partida, de Lagos rumo à capital Abuja, o piloto do Boeing 737 lançou um SOS, dando conta de problemas técnicos. Segundo a rádio nacional, a bordo seguiam altos responsáveis nigerianos e de organizações africanas. A Nigéria está hoje em duplo luto nacional. À tragédia aérea junta-se a morte da primeira dama. A mulher do presidente Obasanjo, Stella Obasanjo, morreu em Espanha, em Marbelha, durante uma cirurgia estética. Fazia 60 anos em Novembro.