Última hora

Última hora

Florida: Milhares de pessoas enfrentam "Wilma" em abrigos ou em casa

Em leitura:

Florida: Milhares de pessoas enfrentam "Wilma" em abrigos ou em casa

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhares de pessoas na Florida não respeitaram a ordem para fugir das zonas costeiras e à última hora, com o aproximar do “Wilma”, recorreram aos abrigos. Há quem chegue preparado, mas muitos não, recebendo cobertores e comida à entrada. Uma habitante de Fort Myers diz que vieram para o abrigo porque tinham medo e a mãe estava sozinha com sete crianças, vieram à procura de ajuda.

Todos esperam ficar apenas 24 horas, mas, como explica outra habitante, receiam não encontrar nada quando saírem. As autoridades americanas apreenderam as lições do “Katrina”. Na Florida foi decretado o estado de emergência, 160 mil pessoas foram deslocadas e dezenas de abrigos abertos. Jack Able, mora em Palm Beach e, pela primeira vez, recorreu a um abrigo, garante que o local está equipado com tudo o que é necessário e recomenda a todos, mesmo ao mais reticente. Apesar de todas as precauções, as autoridades têm ainda um problema. Há quem não tenha seguido a ordem de evacuação e recuse deixar a sua casa. Face à situação, por exemplo na cidade de Naples, foi decretado o recolher obrigatório.