Última hora

Última hora

Triplo atentado em Bagdad visa jornalistas e demais estrangeiros

Em leitura:

Triplo atentado em Bagdad visa jornalistas e demais estrangeiros

Tamanho do texto Aa Aa

As três explosões que sacudiram Bagdad quase em simultâneo em frente ao Hotel Palestina e ao Sheraton foram filmadas por aqueles que constituiam o alvo. A terceira produziu-se junto ao ministério da Agricultura e do hotel Sadir, numa rua lateral.

Depois da primeira explosão, os soldados que estavam de vigia, visaram uma betoneira que se deslocava na mesma praça Ferdusi, do lado oposto. Estava armadilhada, como se esperava, mas, apesar de alvejada, conseguiu ter sucesso no objectivo: o condutor ou um controlo remoto fez explodir o veículo. Ainda não há certezas. Por enquanto, há a registar 19 mortos e nove feridos. As vítimas são, sobretudo, gente da segurança, empregados de hotel, ou traseuntes. Ainda se ignora se há estrangeiros entre as vítimas. As ruas estavam meio vazias por causa do Ramadão. Os soldados americanos cercaram imediatamente a zona, ouviram-se tiros de armas automáticas, as janelas do Palestina estilhaçaram. Caíram os tectos falsos de cerca de 15 andares.Os jornalistas continuaram a filmar, apesar da confusão que se gerou nos corredores. No interior, algumas pessoas foram atingidas por estilhaços e levadas depois para o hospital. De acordo com a Associated Press, pelo menos seis jornalistas ficaram feridos, três deles repórteres fotográficos e os restantes da equipa de televisão desta agência noticiosa norte-americana.