Última hora

Última hora

Pioneira dos direitos dos negros morre aos 92 anos

Em leitura:

Pioneira dos direitos dos negros morre aos 92 anos

Tamanho do texto Aa Aa

Morreu Rosa Parks, um símbolo dos direitos civis, a pioneira da defesa dos direitos dos negros norte-americanos. Em 1955, Rosa Parks recusou ceder o seu lugar a um homem branco num autocarro e com esse gesto desencadeou um movimento que levou ao fim à segregação normativa no sul dos Estados Unidos.

Na altura, a sua recusa levou a sua detenção e teve como consequência o boicote negro aos autocarros de Montgomery e alabama durante mais de um ano… Um protesto que marcou o início do movimento pelos direitos cívicos dos negros. Foi então que surgiu o jovem pastor Matin Luther King que assumiu a liderança do movimento. Rosa Parks tornou-se num ícone dos direitos civis. Recebeu a visita de João Paulo II, quando o sumo pontífice se deslocou a St.Louis, no Alabama. Recebeu as medalhas presidencial da liberdade e de honra do Congresso, foi designada doutora honoris-causa pela Universadade Luterana da Califórnia e recebeu uma ovação no congresso durante um discurso de Bill Clinton sobre o estado da nação. Com Rosa Parks o apartheid em alguns estados norte-americanos chegou ao fim, apesar de ainda existir segregação na sociedade americana. Parks viveu 92 anos e completou a missão de deixar um legado às gerações vindouras.