Última hora

Última hora

EU garante segurança da carne aviária; mas não há certezas quanto à transmissão

Em leitura:

EU garante segurança da carne aviária; mas não há certezas quanto à transmissão

Tamanho do texto Aa Aa

Afinal não se correm riscos por se comerem aves e ovos na Europa, uma vez que o mercado ainda não foi contaminado. Uma posição defendida esta quarta-feira pela Comissão Europeia, que tenta desdramatizar desta forma uma situação criada após a autoridade europeia para a segurança alimentar, sedeada em Parma, ter declarado que ainda não existem provas de que o consumo de aves e seus derivados provoquem a transmissão, não excluíndo de todas as formas, essa possibilidade.

Num mercado de Roma os consumidores mostram-se prudentes com o que adquirem “ Eu deixei de comer ovos porque tenho medo”“Se for proibido oficialmente deixarei de comer imediatamente mas tratando-se apenas de uma recomendação, continuarei” Entretanto, a Comissão Europeia confirmou que o vírus da gripe aviária encontrado nas aves mortas na Croácia é o temível H5N1. Os serviços veterinários da Croácia abateram milhares de aves de capoeira num raio de três quilómetros em volta de cada um dos dois focos da doença para evitar a propagação do vírus. Situação totalmente contrária na Alemanha. Após ter sido anunciado que os gansos encontrados mortos junto a um lago estavam contaminado com o vírus, o ministério da Saúde veio oficialmente comunicar o contrário.Em Portugal também deram resultados negativos as análises feitas aos pássaros encontrados mortos numa praia em Peniche e numa produção em Santa Maria da Feira.