Última hora

Última hora

Gripe das aves: Bruxelas aconselha europeus

Em leitura:

Gripe das aves: Bruxelas aconselha europeus

Tamanho do texto Aa Aa

A crise da gripe das aves leva a União Europeia a aconselhar os cidadãos para que não consumam ovos crus e que cozinhem bem a carne das aves de capoeira,como princípio de precaução. Bruxelas decidiu também embargar durante um mês a importação comercial de aves para o espaço da União. Esta decisão foi tomada depois de se ter descoberto na Grã-Bretanha a morte de um papagaio importado do Suriname portador do vírus H5N1, o mais perigoso para os seres humanos. Proibida igualmente está a importação de carne de aves e de pássaros vivos da Croácia, depois da confirmação pelas autoridades de Zagreb, da presença da gripe das aves em gansos mortos perto de Nasice, no leste do país. Um laboratório britânico deverá confirmar, nos próximos dias, se estas aves foram vítimas ou não do H5N1. A mesma situação é válidade para Alemanha onde 25 aves migratórias encontradas mortas foram vítimas da doença. Em Otava, no Canadá, peritos de vários países reuniram para tentar antecipar uma resposta em caso de pandemia. Uma das conclusões defende um acordo para que sejam dados medicamentos antivirais e se flexibilizem as patentes. “O que sabemos – diz o responsável norte-americano da Saúde, Michael Levit – é que haverá uma pandemia mas não sabemos se o vírus H5N1 estará presente”.

Perante a incerteza a Organização Mundial de Saúde recomenda que o melhor é preparar um bom stock de medicamentos para poder actuar-se com rapidez nos países onde for necessário.