Última hora

Última hora

Pescadores espanhol e governo de Madrid de acordo

Em leitura:

Pescadores espanhol e governo de Madrid de acordo

Tamanho do texto Aa Aa

Governo e pescadores espanhóis chegam a acordo. A greve dos pescadores já durava há mais de três dias. Grande parte dos portos de Espanha encontrava-se bloqueada, o que se traduzia em elevados prejuízos financeiros para a actividade comercial e uma grande dor de cabeça para muitos passageiros. Alguns cruzeiros transatlânticos tiveram mesmo que ficar fundeados ao largo dos portos.

Após 18 horas de negociações entre representantes das confrarias de pesca e as autoridades, o protesto contra o encarecimento dos combustíveis chegou ao fim. Elena Espinosa, ministra espanhola da Agricultura e Pescas referiu que “o acordo foi conseguido depois de 18 horas de intenso trabalho e é o reflexo do melhor que o governo está a fazer para ajudar sectores que podem ter este tipo de problema.” Os pescadores exigiam aumentos nas subvenções aos combustíveis e conseguiram um acordo que contempla ajudas directas de 9,6 cêntimos, até um máximo de três mil euros por armador. Um reforço da ajuda do Estado de quase quatro cêntimos, já que a subvenção anterior era de de seis cêntimos por litro de combustível.