Última hora

Última hora

Medo da Gripe das Aves afasta consumidores de produtos avícolas

Em leitura:

Medo da Gripe das Aves afasta consumidores de produtos avícolas

Tamanho do texto Aa Aa

A crise da gripe das aves, que até ao momento não originou na Europa casos humanos da doença, está a ter um impacto devastador no sector avícola.

Ante uma eventual pandemia da doença, os consumidores pura e simplesmente deixaram de comprar carne de aves, apesar da Agência Europeia de Segurança Alimentar frisar que não há risco para o ser humano, caso os alimentos de origem avícola estejam bem cozinhados. Yves Stunic, porta-voz de uma empresa do sector, diz que “as vendas caíram 30% em duas semanas devido a um fenómeno completamente irracional de desconfiança dos consumidores, a quem assustaram inutilmente”. Em Itália, onde as vendas caíram sessenta por cento, os produtores reclamam já ajudas governamentais. Entretanto, na Europa, prosseguem as medidas de enclausuramento de aves de capoeira.Em França, são 26 os departamentos afectados, enquanto na Suécia as autoridades sanitárias decretaram o isolamento das aves de criação nas duas regiões mais populosas do país. No continente europeu, são cinco os países onde foi detectada a estirpe mais virulenta da gripe das aves. E, quando a Hungria se prepara para homologar a vacina que desenvolveu, o laboratório suíço Roche anunciou a suspensão da entrega de Tamiflu na América do Norte até ao aparecimento da gripe sazonal, para conter a desproporcionada corrida ao medicamento.