Última hora

Última hora

Dresden "chora" de felicidade na inauguração da "Frauenkirsche"

Em leitura:

Dresden "chora" de felicidade na inauguração da "Frauenkirsche"

Tamanho do texto Aa Aa

A emoção e algumas lágrimas de felicidade marcaram a cerimónia de inauguração da Igreja de Nossa Senhora de Dresden, na Alemanha.A reconciliação com o Reino Unido, depois da Segunda Guerra Mundial ganha, por isso, novo esplendor.

O monumento demorou mais de 11 anos a reconstruir. Estava em ruínas desde o bombardeamento britânico a 13 de Fevereiro de 1945.A obra, agora completa, assume um simbolismo particular entre os alemães.A futura chanceler Angela Merkel, presente da cerimónia, confessou sentir-se“emocionada”, disse que “é um dia muito importante pois vê concluída uma obra grandiosa”. O edifício barroco foi mantido em ruínas desde o conflito que terminou em 1945. Sem qualquer muro de protecção, o edifício construído no século XVIII foi deixado em ruínas até há 11 anos, no centro da cidade, para que cada um se recordasse todos os dias da página negra pintada por Hitler na história mundial. O Duque de Kent, o grande impulsionador da recuperação do edifício, diz que “durante muito tempo a Igreja foi símbolo de morte, agora é de reconciliação”.A obra custou 180 milhões de euros, doados por privados e recolhidos em todo o mundo. Trinta e cinco mil pessoas morreram em Dresden nos bombardeamentos aliados.