Última hora

Última hora

Polónia: Marcinkiewicz apresenta governo minoritário

Em leitura:

Polónia: Marcinkiewicz apresenta governo minoritário

Tamanho do texto Aa Aa

Kazimierz Marcinkiewicz, primeiro-ministro indigitado da Polónia, apresenta ao inicio da tarde o governo minoritário que irá submeter à aprovação da Diet, a câmara baixa do parlamento no próximo dia 10 de Novembro.

Com o fracasso das negociações com os liberais para a formação dum governo de coligação, parecem também frustradas as expectativas da população e do sector financeiro quanto às reformas económicas fundamentais para o futuro da Polónia. O partido direito e justiça, vencedor do escrutínio, conta apenas com 155 dos 460 lugares do Parlamento. Durante a campanha, conservadores e liberais da Plataforma Cívica tinham anunciado a intenção de formar uma coligação governamental que, tendo em conta os resultados, ficaria com uma maioria confortável de 288 deputados. Mas Jaroslaw Kaczynski e o líder dos liberais Donald Tusk desentenderam-se,quanto à formação dum governo maioritário, depois das eleições presidenciais em que Tusk perdeu na segunda volta para o irmão gémeo de Jaroslaw, Lech Kaczynski. A direita chega ao poder na Polónia, depois de 4 anos marcados por inúmeros escândalos de corrupção envolvendo o governo de centro-esquerda. Divergências sobre a política económica conduziram ao fracasso a aliança anunciada entre conservadores e liberais. O único nome conhecido do futuro governo minoritário é o do ministro do Interior que será Ludwik Dorn.