Última hora

Última hora

Governo francês anuncia hoje plano de reabilitação de subúrbios

Em leitura:

Governo francês anuncia hoje plano de reabilitação de subúrbios

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente francês pronunciou-se ontem pela primeira vez sobre os incidentes que desde há onze dias inflamam dezenas de bairros suburbanos no país.

Entre o apelo à repressão da violência e a proposta de medidas preventivas, Jacques Chirac optou por seguir o discurso do seu ministro do Interior. Para o chefe de Estado a prioridade passa pelo restabelecimento da ordem e por acelerar a máquina da justiça, de modo a julgar e a condenar os culpados por actos de violência. Chirac não deixou, no entanto, de sublinhar que a saída da situação actual passa por uma acção reforçada ao nível da igualdade de oportunidades e que o governo está decidido a manter o seu compromisso nesta área. O chefe de Estado esteve ontem reunido de urgência com o conselho de segurança da república. O executivo francês não consegue disfarçar a grave crise interna que vive e que para muitos analistas sublinha o atraso na aplicação de um plano de reabilitação dos bairros sociais, sucessivamente adiado há mais de 25 anos. O primeiro-ministro Dominique de Villepin deverá anunciar ao final do dia um plano de acção em matéria social em três vertentes, luta contra o desemprego, luta contra a discriminação e reforço da segurança nos bairros suburbanos. Num momento em que alguns sectores políticos apontam a propagação dos distúrbios como uma manobra concertada. As autoridades muçulmanas lançaram uma “fatwa”, uma lei islâmica a proibir os actos violentos. Recorde-se que o disparo de duas granadas de gás lacrimogéneo da polícia para o interior de uma mesquita tinha agravado há dias a violência nos bairros suburbanos onde 80% da população é de confissão muçulmana.