Última hora

Última hora

Blair quer até 90 dias de detenção, sem acusação, para suspeitos de terrorismo

Em leitura:

Blair quer até 90 dias de detenção, sem acusação, para suspeitos de terrorismo

Tamanho do texto Aa Aa

O governo britânico está empenhado em autorizar a polícia a deter suspeitos de terrorismo durante 90 dias sem acusação formada.

O executivo está convencido vai conseguir o apoio do parlamento, no entanto já tem em carteira um plano B para o caso da proposta merecer o chumbo dos deputados. O primeiro-ministro diz que não se quer comprometer com a ideia dos 90 dias. Mas Tony Blair quer deixar claro que não são 90 dias úteis, são sete sobre sete dias de supervisão judicial. É isso que Balir considera ser do interesse nacional. O plano B é reduzir para 60 o número de dias de detenção por suspeita de terrorismo sem acusação formulada. Mas os conservadores querem baixar ainda mais a fasquia para os 28 dias. O líder Michael Howard considera que é particularmente grave deixar uma pessoa detida sem acusação, sem julgamento, sem nada, cumprindo quase como uma sentença de mais de um mês de prisão sem ter sido acusada. Uma sondagem tornada pública esta segunda-feira diz que mais de 70 por cento dos britânicos apoiam as intenções do governo, tendo como base de opinião os atentados de Londres.