Última hora

Última hora

A violência diminuiu ligeiramente em França

Em leitura:

A violência diminuiu ligeiramente em França

Tamanho do texto Aa Aa

À décima terceira noite, desde que eclodiram os confrontos, os subúrbios de diferentes cidades francesas registaram uma ligeira acalmia.Pelo menos nas regiões da província a tensão foi visivelmente inferior à dos últimos dias. Cansaço ou os primeiros efeitos da instauração do Estado de Emergência? As autoridades francesas mantêm-se prudentes. O número de localidades atingidas pela violência desceu de 226 para 196, entre elas contam-se Amiens, perto de Paris onde, desde as zero horas, os menores não podem sair à noite no seguimento da aplicação do recolher obrigatório.

A medida foi instaurada igualmente nos subúrbios parienses e aqui, vários estabelecimentos receberam ordem para encerrar mais cedo e, em alguns casos, foi proibida a venda de combustível aos menores. O chefe da polícia de Amiens faz o balanço da primeira noite depois do anúncio das medidas decididas ontem em Conselho de Ministros: “Penso que esta acalmia deve-se ao Estado de Emergência e ao recolher obrigatório.” Em Tolouse, face a cerca de uma centena de elementos das forças da ordem, o ministro do Interior, Nicolas Sarkozy pediu firmeza e profissionalismo. A vaga de violência partiu dia 27 de Outubro de Clichy-sur Bois depois da electrocução de dois adolescentes que se escondiam da polícia.