Última hora

Última hora

Autoridades jordanas responsabilizam al-Qaida pelos atentados em Amã

Em leitura:

Autoridades jordanas responsabilizam al-Qaida pelos atentados em Amã

Tamanho do texto Aa Aa

Foi no local da primeira explosão, no hotel Radisson, que o vice-primeiro-ministro jordano reagiu aos atentados. Maruan Muasher diz desconhecer os motivos, mas garante que quem se faz explodir durante uma festa de casamento não é alguém que quer o bem do país ou da humanidade.

Amã está determinada a prosseguir a luta antiterrorista por todos os meios disponíveis. O facto dos atentados terem sido quase simultâneos leva as autoridades a apontarem como responsáveis a al-Qaida e o chefe da rede terrorista no Iraque, o jordano Abu Mussab al-Zarqawi. Como anuncia o vice-primeiro-ministro, as condenações a estes atentados suicidas surgiram dos quatro cantos do Mundo. O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, anulou a viagem desta quinta-feira à Jordânia e lançou um apelo à luta conjunta contra o terrorismo. A situação será discutida hoje numa sessão especial do Conselho de Segurança da ONU, convocada pela Rússia.