Última hora

Última hora

Comunistas recolhem assinaturas para manterem Lenine na Praça Vermelha

Em leitura:

Comunistas recolhem assinaturas para manterem Lenine na Praça Vermelha

Tamanho do texto Aa Aa

Os comunistas russos voltaram às ruas, mas desta não o fizeram para pediram melhores condições de vida para os trabalhadores, ou para exigirem medidas mais duras contra os oligarcas, mas para defenderem Lenine.

Perto de 30 militantes juntaram-se durante a manhã à porta do antigo museu Lenine, na Praça Vermelha, junto ao Kremlin para recolherem assinaturas para que o corpo de Lenine continue a ser conservado e exposto no mausoléu onde se encontra desde 1924. A questão “É preciso enterrar o pai da Revolução Bolchevique?” é frequentemente tema de debate na Rússia desde o final da União Soviética. Enquanto foi presidente, Boris Ieltsin defendia que Vladimir Ilitch Ulianov, nome de Lenine, sempre quis ser enterrado ao lado da mãe num cemitério de São Petersburgo. No entanto, Ieltsin nunca tentou enterrar o corpo de Lenine por temer um movimento popular.